Sistematização da Assistência de Enfermagem: Da Teoria ao Cuidado Integral

Resumo:  Relatar a assistência de enfermagem a pacientes acamados, moradores do território adscrito a um
Centro de Saúde da Família, aplicando o processo de enfermagem de acordo com a Teoria da Diversidade e
Universalidade do Cuidado Cultural de Madeleine Leininger. Método: estudo descritivo, tipo relato de
experiência, com cinco acamados, entre 22 e 92 anos de idade, no município de Chapecó-SC. Resultados:
foram identificadas situações que requeriam manutenção, ajustamento ou repadronização de cuidados
culturalmente definidos. O apoio da equipe foi fundamental na implementação da assistência domiciliar, que
passou a ser registrada no prontuário eletrônico dos pacientes, favorecendo continuidade e integralidade do
cuidado. Conclusão: a Sistematização da Assistência de Enfermagem apoiada na teoria do cuidado
transcultural proporcionou melhorias à saúde do acamado e da sua família, motivando a adesão dos
cuidadores ao plano de cuidados.

Palavras-chave:  Assistência de Enfermagem, Assistência Domiciliar, Educação em Enfermagem, Cuidadores.

Autores: Mariza Gandolfi, Cheila Karei Siega, Letícia Maria Rostirolla, Maria Elisabeth Kleba, Liane Colliselli

Link de acesso: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/view/11146